Quem sou eu

Minha foto

Fábio Navarro escolheu a escrita, pois não havia saída para o que fervia em seu hipotálamo. Desde os tempos onde, morando em um dos últimos círculos do inferno interiorano paulista,aprendeu que até um papel de pão servia como exorcismo. Nascido nos últimos dias de setembro, quando as folhas já não mais florescem. Expelido por entre restilos de cana de açúcar, dentro do ventre de uma cidade do interior, resolveu sair de casa cedo. Tão cedo que por mais que tente regredir o tempo, não consegue.

Mas esconde-se o máximo que pode através de fantasiosas inverdades escritas em papéis ou destiladas em espaços binários.

Fanático varrido por músicas estranhas, escreve sobre elas em dois sites cariocas, além do seu próprio espaço. 
Anarquista de HQ, descrente da profissão biológica e acreditando que Deus na verdade é Andy Kauffman, trabalha em seu segundo livro.

sábado, 16 de outubro de 2010

DISTORÇÕES CAMPESTRES

E em tardes de sábado onde a procura pelo cigarro parece ser mais forte que a vontade de parar de fumar....

J-RODDY WALTSON AND THE BUSINESS
Esse trio de Baltimore vem com algo que em muitas notas parece com o início do caminho dos Followill. Uma mistura bem atomizada de country rock e blues garageiro de primeira. Mas as semelhanças terminam por aí.
Não existe uma singela célula de boy bandismo na banda. Os sujos riffs de guitarra que povoam catedrais mais mississipianas em canções como Use Your Language, fazem um belo contraponto com o peso de acordes distorcidos. Aquela famosa fusão zeppeliniana que sempre será bem vinda aos poços auditivos de serumem corrosivo.

Muito mais dentro do contexto de raízes do que seus compatriotas, esperamos que realmente a banda enverede muito mais pelo caminho trilhado pelos Black Keys do que pelos Reis de Leon...
Aqui no GD duas, USE YOR LANGUAGE e FULL GROWING MAN.



Um comentário: