Quem sou eu

Minha foto

Fábio Navarro escolheu a escrita, pois não havia saída para o que fervia em seu hipotálamo. Desde os tempos onde, morando em um dos últimos círculos do inferno interiorano paulista,aprendeu que até um papel de pão servia como exorcismo. Nascido nos últimos dias de setembro, quando as folhas já não mais florescem. Expelido por entre restilos de cana de açúcar, dentro do ventre de uma cidade do interior, resolveu sair de casa cedo. Tão cedo que por mais que tente regredir o tempo, não consegue.

Mas esconde-se o máximo que pode através de fantasiosas inverdades escritas em papéis ou destiladas em espaços binários.

Fanático varrido por músicas estranhas, escreve sobre elas em dois sites cariocas, além do seu próprio espaço. 
Anarquista de HQ, descrente da profissão biológica e acreditando que Deus na verdade é Andy Kauffman, trabalha em seu segundo livro.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

E TEM COMO NÃO APAIXONAR-SE????

Quando o barulho é indispensável....


SUPER WILD HORSES
Eu aceito que tenho um descontrole quando o assunto são mulheres. Admiro os aspectos, amo todos os entrecantos que estes definidos seres em forma de poesia que sangra, apresentam durante minha estúpida vidinha de escritor de meia pataca.

Não saberia viver em um mundo onde não houvessem as fantasias divinas orquestradas por elas, muito menos acharia graça em um lugar onde elas não pudessem desfilar sua inteligência, sarcasmo (não existe nada mais sexy que ironia de mulher) e tudo aquilo que nos faz indefesos mamíferos provedores de litros de saliva, despejadas por causa delas. Imagina então quando elas formam uma banda onde os riffs megatônicos e as disformes melodias, fazem tudo perder o sentido em ecatombes de acordes.

Essa dupla de Melbourne formada por Amy e Hayley são exata equação de punk e garagem que arrebatam seu coração e ouvido imediatamente. Uma coleção de sons que saem de bares sujos com escaldantes metalizações recheadas de pancadas. Captura de atenção tão rápida quanto o sequestro que essas duas farão com seus vetrículos enquanto você perdidamente ouve cada estonteante canção.
O nome do disco de estréia é FIFTEEN e o primeiro single chama-se GOLDEN TOWN. Ouça, veja e sinta-se tão irremediavelmente apaixonado pelo som pesado e por elas quanto eu....


Nenhum comentário:

Postar um comentário